No comments yet

Um Convite e uma Promessa

Venham a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e Eu os aliviarei. Tomem sobre vocês o meu jugo, aprendam de mim, porque sou manso, e humilde de coração; e achareis descanso para a sua alma; Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.” (Mateus 11:28-30).

Esse texto é para que possamos viver nos dias de hoje, aprendendo a descansar no Senhor. Ele restabelece nossas forças, não somente físicas, mas de todo cansaço da alma, emocional e psicológico. Tudo depende da disposição do nosso coração em crer, receber e praticar a Palavra de Deus. Jesus nos faz um convite dizendo: “Vinde a mim…”; pois Ele sabia que devido ás lutas do dia- a- dia, muitos se cansariam pelo caminho. Sendo assim, Ele deseja ser a provisão, a força e o refrigério para todos aqueles que o buscam, aproximando-se Dele. É preciso estarmos atentos, pois o diabo quer usar estes momentos de fraqueza e cansaço, para lançar palavras de engano em nossa mente. Desviando nossa visão da realidade, nos fazendo cair no abismo da tristeza, angústia, desgosto e depressão.

Um dos motivos para o cansaço da alma vem através do pecado. Ele aprisiona, escraviza; A mágoa, o estresse, as lutas, as enfermidades e a falta de sensibilidade de pessoas próximas, também contribuem para que, a nossa alma, fique cansada e pesada. As decepções causam um certo bloqueio nas pessoas, já que ninguém consegue se preparar para elas. É através do “Vinde a mim” de Jesus que conseguimos forças para saltar sobre elas.
Jesus nos promete alívio, nos orientando a trocar o nosso jugo pelo Dele; Colocando-se  á disposição de carregá-lo por nós. Somente em obediência, submissão a Cristo e a seus ensinamentos, é que encontraremos descanso.
Devemos sempre caminhar ao lado de Jesus, seja qual for o nosso jugo, pois sua Palavra nos traz sempre uma solução. Precisamos estar agarrados á esta verdade, não permitindo que o inimigo conduza nossa vida através do que a nossa alma sente.

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansa diz ao Senhor: “Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.” Pois ele livrará você do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. Ele o cobrirá com as suas penas, e sob as suas asas, você estará seguro; a sua verdade é proteção e escudo. Você não terá medo do terror noturno, nem da flecha que voa de dia, nem da peste que se propaga nas trevas, nem da mortandade que assola ao meio-dia. Caiam mil ao seu lado, e dez mil, à sua direita; você não será atingido. Somente com os seus olhos você contemplará e verá o castigo dos ímpios. Você disse: “O Senhor é o meu refúgio.” e fez do Altíssimo a sua morada. Nenhum mal lhe sucederá, praga nenhuma chegará à sua tenda. Porque aos seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que te guardem  em todos os seus caminhos. Eles o sustentarão nas suas mãos, para que você não tropece em alguma pedra, pisará o leão e a cobra; com os pés esmagará o leãozinho e a serpente. Deus diz: “Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; Eu o protegerei, porque conhece o meu nome. ele Me invocará, e Eu lhe responderei; na sua angústia, estarei com ele;  o livrarei e o glorificarei. Vou saciá-lo com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação” (Salmos 91).

Que possamos deixar a Palavra gerar vida em nós, somente ela tem os recursos necessários para nos tirar da tristeza e da depressão. O esconderijo do Onipotente é a nossa confiança Nele. Esta é a promessa do Senhor para nós e não existe nada maior que possa substituir Sua paz, Seu descanso e refrigério para as almas cansadas e oprimidas.

Pra. Maria Helena

Post a comment